sexta-feira, 11 de abril de 2014

Wanderlei vs Sonnen é adiado para julho em Vegas; Cigano faz luta principal em SP

Wanderlei vs Sonnen é adiado para julho em Vegas; Cigano faz luta principal em SP

Wanderlei e Sonnen se enfrentarão em Vegas
O UFC anunciou mudanças em importantes lutas deste primeiro semestre. A primeira e mais surpreendente foi o adiamento da disputa entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen.

Programado para o dia 31 de maio, em São Paulo, o combate foi adiado para 05 de julho, no UFC 175, em Las Vegas. O combate será a co-luta principal da noite, que terá Chris Weidman e Lyoto Machida se enfrentando no main event.

Para reforçar o card do TUF Brasil – Finale 3, que perdeu o combate entre Wand e Sonnen, Junior Cigano foi escalado para enfrentar Stipe Miocic no show. A luta do brasileiro estava previamente agendada para o dia 24 de maio, em Las Vegas.

O “Yahoo Sports” anunciou estas mudanças nos EUA, e o twitter oficial do UFC confirmou as informações.


Mais nesta categoria: « Paulo Nikolai apresenta campeões de muay thai na Tailândia e projeta carreiras no MMA Promessa da Nova União,

Nelson comemora vitória sobre Minotauro em Abu Dhabi: "Vencer uma lenda é sempre melhor"

Nelson comemora vitória sobre Minotauro em Abu Dhabi: "Vencer uma lenda é sempre melhor"

Roy Nelson nocauteou Minotauro no primeiro round em Abu Dhabi

Dave Mandel

Roy Nelson foi a Abu Dhabi com a corda no pescoço. Antes próximo de obter o direito de desafiar o cinturão dos pesos pesados, o gordinho carismático vinha de duas derrotas consecutivas na carreira, para Stipe Miocic e Daniel Cormier. Entretanto, uma performance impecável garantiu a volta da tranquilidade, com um nocaute impressionante sobre Rodrigo Minotauro ainda no primeiro round.

Antes do golpe que finalizou o duelo, Nelson havia acertado outros dois socos que desestabilizaram o brasileiro. Cauteloso, o americano não teve pressa para terminar a luta, e, em entrevista coletiva após o duelo, explicou sua postura.

Roy Nelson nocauteou Minotauro no primeiro round em Abu Dhabi
"O Minotauro, você não pode simplesmente ir para cima dele. Acho que fui o único que o nocauteei para valer, as outras foram nocautes técnicos. Tentei conseguir o nocaute técnico, mas ele se recupera muito rápido e logo sabe onde está, mesmo meio zonzo. Sabia que o único jeito de conseguir liquidá-lo seria com um estrangulamento ou um nocaute".

Nelson não negou que sonha em enfrentar quem quer que esteja com o cinturão, que, no caso, é Cain Velasquez. Entretanto, ele refutou ter entrado no octógono com a intenção de impressionar para conseguir uma chance direta pelo título.


"Toda vez que luto estou tentando provar algo. Meu desejo era dar aos fãs o que eles vieram ver. Como estamos em Abu Dhabi, queria ter lutado um pouco mais no chão, meu plano era conseguir mais uma duas quedas".


Questionado se a luta teria sido como ele imaginava, e se a vitória sobre Minotauro teria um gosto especial, Nelson foi direto: "Foi um pouco mais curta do que achei que seria", resumiu o americano, "vencer uma lenda é sempre melhor".

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Horários transmissão UFC 170 canal Combate

Horários transmissão UFC 170 canal Combate


Carlos Ozorio carloso@horizonte.tv.br

Seguem nossos horários de transmissão ao vivo do UFC 170.
Abs!

Sexta-feira – 21 de fev
21h - Pesagem UFC 170 AO VIVO

Sábado – 22 fev
21h30 – Card Preliminar UFC 170
00h00 – Card Principal UFC 170
03h00 – Previsão de término do evento

O evento inteiro, ao vivo, só no canal Combate. Preliminares no SporTV e canal Combate.


CARLOS EDUARDO OZÓRIO
Consultor de comunicação / canal Combate
(55 21) 2145-7073
(55 21) 9657-0515

Descrição: Descrição: globosat_vermelho2

Em parceria com a MMA Experience, Gracie Adventure Camp 2014 acontece em março no México


Em parceria com a MMA Experience, Gracie Adventure Camp 2014 acontece em março no México


Importante opção para os amantes de MMA que desejam vivenciar o dia a dia de seus ídolos, a MMA Experience segue expandindo seus horizontes. Após realizar com muito sucesso sua experiência em Newark, Nova Jersey (EUA), durante o final de semana do UFC 169, a produtora, em outra aposta audaciosa, anunciou nesta semana o Gracie Adventure Camp 2014, que será realizado entre os dias 26 e 30 de março em um Resort 5 estrelas na paradisíaca Playa Del Carmen, em Cancún (MEX).

O projeto, que reunirá pessoas de oito países em busca de intercâmbio cultural e técnico, será capitaneado pelos mestres Renzo Gracie, Rilion Gracie, Roger Gracie, Igor Gracie, Gregor Gracie e Kyra Gracie, que vem exercendo um importante papel na interação com os participantes. A comentarista do Sportv/Combate participou de todas as experiências até o momento, incluindo a última nos Estados Unidos.

O programa teve todo seu conceito desenvolvido para que os fãs das artes marciais tenham a oportunidade de adquirir conhecimentos com os membros da família mais famosa do mundo das lutas. Além da parte física, os participantes terão a oportunidade única de escutar as grandes histórias da lendária família.

Idealizador da MMA Experience, Celso Leonardo falou a respeito grandiosidade do novo projeto e sobre a parceria que vem desenvolvendo com a pentacampeã mundial de jiu-jitsu Kyra Gracie.  

“Realmente, essa parceria mostra que as nossas experiências vão além do UFC. Esse é um produto premium, exclusivo e emocionante, além de ser uma super oportunidade para as empresas que desejem usar isso como incentivo ou endomarketing. O Gracie Adventure Camp já acontece há alguns anos, mas a nossa parceria vai servir para fortalecer ainda mais a produção, atentando para detalhes - que são uma de nossas marcas. A Kyra tem sido fundamental nas nossas ações e, agora, ampliamos para mais seis membros da família, todos de peso e que têm muita aderência com nossos clientes, e isso faz com que as pessoas fiquem ainda mais atentas aos treinamentos e entendam cada vez mais sobre o mundo das artes marciais. Vai ser imperdível”, explicou.

Sobre a MMA Experience:

A MMA Experience é uma produtora de experiências, únicas e exclusivas. Conta com uma equipe e uma rede de relacionamentos, envolvendo lutadores, empresários, eventos, canais de comunicação, mídia, agências, canais, etc.


Seu objetivo maior é criar uma atmosfera envolvente em torno de atividades que envolvem o MMA, transformando, assim, a MMA Experience uma verdadeira plataforma de interação da tribo – pessoas e marcas, tornando-se uma referência e interferindo positivamente para o crescimento do esporte.

GP Meio Pesado e cinturão peso galo marcam a 9ª edição do Favela Kombat

GP Meio Pesado e cinturão peso galo marcam a 9ª edição do Favela Kombat

GP até 93 kg com chaves sorteadas na pesagem e disputa de cinturão até 61 kg prometem abalar São Gonçalo no Rio de Janeiro

Evento que já se tornou tradicional nas comunidades carentes do Rio de Janeiro, o Favela Kombat, está indo para a 9ª edição desembarcando dessa vez na Praça da Trindade em São Gonçalo, município do Rio de Janeiro e mantém a característica de dar oportunidade a novos valores do MMA com ênfase nas comunidades carentes.




Dois cinturões do evento estarão em jogo, um na categoria até 61 kg Peso Galo e o outro disputado através de um GP com as chaves definidas por meio de GP.



“A nossa luta é para criar oportunidade para esses atletas serem observados por outros eventos e venham conseguir de maneira satisfatória o sustento de suas famílias, estamos tendo um bom resultado e creio que em breve nossos campeões estarão em ação, tanto pelo Brasil como no mundo.” - Afirma Claudinho MMA, como é conhecido o produtor do evento.



Então se você é do estado do Rio de Janeiro, a pedida desse sábado dia 22, é acompanhar em São Gonçalo o Favela Kombat 9, você não vai se arrepender, a entrada são apenas 2 kg de alimentos não perecíveis e a estimativa é de um publico superior a 4 mil pessoas.

Favela Kombat 9

Sábado, 22 de fevereiro de 2014 às 17h

Praça da Trindade, São Gonçalo – RJ

Card  Preliminar

Categoria 77 kg

Pablo Gomes  (Nova União) vs Rian Manzonni (Gladiadores)

Michel Kmieck (Condor) vs Rodivan “Gato Guerreiro”  (Gladiadores)

Categoria 61 kg

Lucas Silva (Equipe Ame) vs Rafael  Araujo (Rio Muay Thai)

Categoria 70 kg

Robério (Serpente Thai) vs DVD (Equipe Gota)

Categoria 66 kg

Marcelo Cartemol (Libra CT) vs Eugenio (Equipe Condor)

Categoria 61 kg

Diana Morães (FDB Fight)  Vs  Brena Cardoso  ( Equipe Silva Top Team)

Card Principal

GP  até 93 kg | Disputa de Cinturão

Sorteio

Alan Bispo (Club Fight | Base Jiu-jitsu)

Douglas Antunes (Projeto Vencedores em Cristo)

Wanderson Souza (MT Comp)

Morangão  (Sena)

Categoria 61 quilos | Disputa de cinturão


Afonso Fonseca (Libra CT) vs Diego Silva (Club Fight | Base Jiu-jítsu

Atleta do Team Nogueira, Diego Braga enfrenta Luiz “Gugu Besouro” no WOCS 33

Atleta do Team Nogueira, Diego Braga enfrenta  Luiz “Gugu Besouro” no WOCS 33


Nome de destaque dentro do Team Nogueira e do cenário nacional do MMA profissional, o experiente Diego Braga já tem data certa para retornar às lutas. O peso meio-médio (77kg), que possui um respeitável cartel de 21 vitórias e 8 derrotas, enfrentará Luiz “Gugu Besouro” no WOCS 33, marcado para o dia 28 de março no Rio de Janeiro (RJ). Nos últimos meses, o lutador esteve em dois camps preparatórios de atletas do UFC. Primeiro, ele ajudou o astro Anderson Silva para o segundo duelo contra Chris Weidman, e recentemente esteve em Manaus (AM) auxiliando Adriano Martins para o confronto contra Donald Cerrone.

Nem mesmo o período de mais de um ano sem entrar no cage desmotiva Diego, que se mostra bastante empolgado com o recomeço e aposta em sua vasta experiência para sair vencedor do duelo.

“Fiquei um pouco lesionado neste último ano, mas segui treinando forte para me manter em um bom ritmo. Já estou me sentindo 100% e acredito que este período parado não vai me atrapalhar em nada, muito pelo contrário. Tenho muitas lutas na “carcaça”, então vou saber administrar bem esse lado e fazer meu melhor quando entrar no combate”.


Há quatro lutas sem saber o que é ser derrotado, o lutador do Team Nogueira fez questão de agradecer o convite dos organizadores do WOCS e também aproveitou para analisar as características do seu próximo oponente, que ainda está invicto na carreira (cinco vitórias).

“Fui convidado pelo Tatá Duarte (presidente do evento) e aceitei o convite de pronto. Vai ser uma ótima chance. O jogo do Gugu é de encurtar e botar para baixo, estou treinando bastante para neutralizar isso. Já lutei com alguns companheiros de equipe dele (RFT), então já sei o que fazer para conseguir botar minha estratégia em prática”, disse o atleta que garante ter aprendido com o “Spider” algumas novidades para o confronto: “O Anderson tem muitos truques na cartola, então conseguimos pegar algumas técnicas novas e aprender ainda mais. Espero poder usar essas armas já na próxima luta”. 

Com um currículo repleto de lutas memoráveis contra grandes nomes do MMA mundial, como nos casos de Charles do Bronx, Miltinho Vieira, Adriano Martins e Iliarde Santos, Diego Braga ainda aguarda a chance de lutar em um grande evento internacional, mas não se preocupa com isso no momento.


“Sinceramente, eu também não sei o motivo de ainda não estar lá. Não fico pensando o que falta, até porque se eu ficar com isso na cabeça vou ficar me martirizando e isso não é positivo. Vou deixar as coisas acontecerem. É um grande sonho chegar ao UFC, acho que todos os lutadores profissionais têm esse objetivo. Se essa oportunidade vier vai ser muito boa para mim e para minha carreira”, concluiu.

domingo, 29 de dezembro de 2013

Anderson fratura a perna e é derrotado; Ronda finaliza Miesha de novo

Anderson fratura a perna e é derrotado; Ronda finaliza Miesha de novo




Chris chegou à vitória após Anderson sofrer grave fratura na perna (Foto UFC)
Por essa, ninguém esperava. Nem o mais talentoso vidente poderia prever um desfecho tão inacreditável como o presenciado na noite deste sábado (28) em Las Vegas. No duelo principal da noite, Anderson Silva deu um chute baixo em Chris Weidman, mas o golpe pegou de mau jeito, e o Spider sofreu uma gravíssima fratura na perna. Com o incidente, Weidman manteve seu cinturão por nocaute técnico devido à lesão.

O que se viu no início da luta foi um Anderson bastante concentrado, com a guarda alta, bem diferente do ocorrido no primeiro encontro com Chris. Em dado momento, entretanto, Weidman conseguiu um bom soco na cabeça do Spider, que desestabilizou o ex-campeão. O americano, com isso, aproveitou o bom momento e colocou o brasileiro para baixo, onde passou o resto do primeiro round trabalhando o ground and pound. De volta ao segundo assalto, Anderson voltou novamente com a guarda alta, indo para cima de Weidman, mas, num golpe de inacreditável azar, deu um chute baixo aplicado de mal jeito. O resultado foi uma imagem grosseira: uma fratura horrível na perna do curitibano.

Com a lesão, Weidman manteve-se o campeão por nocaute técnico. A pergunta que fica é: será que Anderson terá disposição para fazer fisioterapia, voltar a andar, retornar aos treinos e, posteriormente, pisar num octógono para refazer o caminho até o título aos 38 anos?

Ronda finaliza Miesha de novo


Miesha Tate estava sedenta para acabar a invencibilidade de Ronda Rousey, mas a campeã fez uso de sua especialidade para despachar a desafiante mais uma vez. A exemplo do que fez em 2012, Ronda finalizou Miesha com um arm-lock – mas, pela primeira vez na carreira, não o fez no round inicial.

O duelo começou com muita trocação, mas logo Ronda colocou a luta para baixo. Miesha conseguiu se levantar, mas Ronda usava seu excelente Judô para neutralizar a desafiante e derrubá-la. Na segunda e na terceira etapas, a campeã manteve seu jogo de boas quedas, chegando a esboças algumas finalizações. Miesha resistia como podia, mas usar apenas o coração não foi suficiente para a ex-campeã do Strikeforce. No derradeiro assalto, Rousey colocou em prática o seu carro-chefe: a chave de braço. E, dessa maneira, chegou à oitava vitória de sua carreira por arm-lock, manteve sua invencibilidade e continua com o cinturão feminino do UFC.

Brasileiros caem no primeiro round

Diego Brandão não foi páreo para a potência de Dustin Poirier. Insistindo na trocação, o brasileiro levou a pior no alto, mas até que conseguiu acertar o adversário algumas vezes. No fim do primeiro round, porém, o americano acertou um forte soco no rosto de Diego, que caiu escorado na grade. Dustin só teve o trabalho de continuar golpeando, o que levou o árbitro a interromper o confronto e declarar Poirier o vencedor por nocaute técnico. Com a derrota, Diego, que vinha de uma boa sequência de três triunfos, chegou a seu segundo revés no UFC.

Fabrício Morango bem que tentou, mas não conseguiu vencer o duríssimo Jim Miller. No início do primeiro round, os dois partiram para a trocação, mas a luta acabou indo para o solo, e Miller, mesmo por baixo, aproveitou o bom momento e catou o braço do brasileiro. Morango esboçou resistir ao arm-lock, mas o americano fez pressão e acabou arrancando os três tapinhas de Fabrício.

No único duelo entre pesos-pesados da noite, Travis Browne aplicou um ‘nocautaço’ no veterano Josh Barnett ainda no primeiro round. Browne, que acabara de nocautear Alistair Overeem com um chute frontal, acertou uma joelhada no ex-campeão do UFC. Barnett sentiu o golpe, e Travis deu início a uma impiedosa sequência de cotoveladas. Ajoelhado, Josh recebeu o castigo e foi derrotado por nocaute técnico.

RESULTADOS COMPLETOS

UFC 168
Las Vegas, Estados Unidos
Sábado, 28 de dezembro de 2013

Card principal
Chris Weidman derrotou Anderson Silva
Ronda Rousey finalizou Miesha Tate com um arm-lock no 3R
Travis Browne derrotou Josh Barnett por nocaute técnico no 1R
Jim Miller finalizou Fabrício Morango com um arm-lock 1R
Dustin Poirier derrotou Diego Brandão por nocaute técnico no 1R

Card preliminar
Uriah Hall derrotou Chris Leben por interrupção médica no intervalo do 1R para o 2R
Michael Johnson nocauteou Gleison Tibau no 2R
Dennis Siver derrotou Manny Gamburyan por decisão unânime dos jurados
John Howard derrotou Siyar Bahadurzada por decisão unânime dos jurados
William Patolino derrotou Bobby Voelker por decisão unânime dos jurados

Robbie Peralta nocauteou Estevan Payan no 3R